O que é o YPP?


Por Natasha Leite em

YPP ou Young Professionals Programme é uma das iniciativas das Nações Unidas para recrutamento e seleção de jovens (menos de 32 anos profissionais). Já que muitos de vocês estão interessados no programa, decidi escrever minha experiência com o exame.

Primeiro ponto, gerencie suas expectativas. Passar por todas as fases do YPP não é garantia de ganhar uma posição fixa nas Nações Unidas. Não, isso não é parte do meu plano sádico de destruir todos seus sonhos. Gerenciar expectativas, entender a realidade dos processos te ajuda a criar expectativas e estratégias mais inteligentes para alcançar os mesmos objetivos. Muitas vezes, quando criamos um vínculo emocional com o processo e não com o objetivo, a rejeição ou a indefinição no processo de recrutamento não deve impactar sua motivação, porque faz parte dessa área.

Gerenciamento de expectativas à parte, vamos ao YPP. O YPP é uma chance de começar a trabalhar na ONU, em departamentos do Secretariado (http://www.un.org/en/sections/about-un/secretariat/index.html). Se você ainda não sabe o que organizações fazem parte do secretariado, vale a pena dar uma olhada, porque isso é a típica pergunta que cai no YPP. Se você tem interesse em agências ou organizações específicas como UNICEF, ACNUR, Banco Mundial ou UNESCO, busquem essas organizações diretamente, porque elas têm seu próprio programa de recrutamento para jovens professionais.

O processo consiste em três fases: 1) aplicação inicial através do Inspira (https://inspira.un.org/psp/PUNA1J/?cmd=login&languageCd=ENG); 2) Prova; 3) Entrevista.

YPP
Fonte: Inspira

A fase de aplicação inicial é bem simples. É um primeiro filtro de seleção. Tente mostrar como a sua experiência é relevante para a vaga em si.

A parte do exame em si é a mais complexa. Ou ao menos foi pra mim. Exige mais dedicação e filtragem de conteúdos. Existem vários grupos onlines de estudo, se você não quer passar por isso sozinho ou sozinha. Também recomendo dar uma olhada nos exames anteriores para ter uma noção do que te espera. Esses exames estão disponíveis na página da ONU relacionada ao YPP (https://careers.un.org/lbw/home.aspx?viewtype=NCES). O exame em si demora quatro horas e meia. Elementos importantes: como o vestibular ou ENEM ou qualquer prova massiva que você fez na vida, as recomendações são as mesmas. Leve água, chegue cedo, leve chocolates (se você não for alérgico ou alérgica, claro), durma bem no dia anterior e não entre em pânico.

A entrega de resultados varia, no ano em que eu apliquei algumas áreas saíram primeiro - 3 a 4 meses depois do exame, enquanto direitos humanos (minha área) foi a última a ser selecionada, quase um ano depois do exame em si.

A parte da entrevista é bem simples. É uma entrevista baseada em competências, sim, mas as competências que eles estão buscando são basicamente ética, trabalho em equipe e senso comum. Ou seja, vão pedir que você relacione uma competência a uma experiência sua de vida/profissional. Para entender como funcionam essas entrevistas, mais informação aqui (https://careers.un.org/lbw/home.aspx?viewtype=AYI). Existe uma fórmula para as respostas e você tem bastante tempo pra praticar. No início parece estranho, mas no final é só uma questão de prática.

O processo completo pode durar até dois anos. Inicialmente você alocado para uma posição de dois anos, depois uma revisão é feita para decidir se você segue nessa posição ou não.

Em geral, eu posso dizer que apesar de que pessoalmente o YPP não foi necessariamente útil - quando eu recebi os resultados já estava trabalhando com uma organização do Secretariado - foi uma experiência bastante enriquecedora. Eu conheci várias pessoas interessantes, aprendi muito mais sobre o marco de direitos humanos das Nações Unidas e tive a oportunidade de entender como a experiência funciona.

Eu espero que o meu pequeno relato seja útil para você, não para te desencorajar do processo, mas para que vocês entendam todos os passos. Eu desejo a todos o melhor resultado possível.

Boa sorte!