Filha única. Pais super protetores. Zero experiência no exterior. E queres saber como eu fui parar do outro lado do oceano sem nem um lugar definitivo para ficar? A resposta é simples, e atrevo-me a usar uma frase conhecida de John Lennon, na música “Beautiful Boy”: Life is what happens to you while you’re busy making other plans.

Sim, a vida é o que acontece quando tu tens um planejamento de prestar vestibular, ingressar teus estudos na graduação, formar-se o mais cedo possível para logo passar num concurso público e, de repente, alguém comenta sobre uma seleção para estudar em outro país.

Sim, a vida é o que acontece quando tu pensas que será perda de tempo se candidatar para realizar essa “tal de mobilidade acadêmica”, mas um impulso irracional de desafio a si próprio te faz ir à busca de toda a documentação necessária para a inscrição.

Sim, a vida é o que acontece quando, depois de passar por todo um processo seletivo, tu, desacreditada, voltas à tua rotina, e uma carta de admissão para estudar numa das universidades mais antigas do mundo é enviada a ti.

Devo admitir que fazer intercâmbio nunca foi um sonho, como sei que o é para muitas pessoas. Porém, se não o era para mim, tornou-se um. Foi, sem sombra de dúvidas, uma das experiências mais incríveis que a vida já me proporcionou. E não falo isso só pelas alegrias que essa viagem me trouxe: muitos contratempos também existiram, mas cada enfrentamento fez valer ainda mais a pena essa vivência.

Dessa forma, concluo aqui esse pequeno texto afirmando: sim, a vida é o que acontece quando tu não estás planejando, quando tu não estás esperando, quando tu estás muito ocupada fazendo outros planos. Não perca tempo prevendo todas as possibilidades. Desafie-se!